Artigo: A Educação do Caráter e a Aprendizagem Socioemocional

(Referências: Centro de Caráter e Cidadania da Universidade de Missouri; e CASEL)

Estrutura de desenvolvimento do Caráter

O Caráter pode ser desenvolvido em 4 grupos de Virtudes: Moral, de Desempenho, Cívica e Intelectual. Cada virtude é caracterizada por um grupo de valores humanos, forças do Caráter ou Competências de comportamento, tal como no exemplo a seguir.

 

Na Virtude Moral encontramos os valores humanos básicos, tais como Respeito e Responsabilidade, que nos fazem ter uma conduta correta e ética.

Na Virtude de Desempenho estão forças do Caráter que nos permitem realizar bem o que nos propomos a fazer.

Na Virtude Cívica estão características que nos permitem viver bem em sociedade.

Na Virtude Intelectual, encontramos características e competências que nos ajudam a evoluir, a criar, bem como a conhecer e controlar as próprias emoções, ter empatia, e tomar boas decisões. Dentro da Virtude Intelectual, encontramos a Consciência Social e Emocional, ou Competências Socioemocionais.

O que é Aprendizagem Socioemocional?

SEL = Social Emotional Learning = Aprendizagem Socioemocional

É um processo através do qual crianças e adultos entendem e controlam as suas emoções,
definem e alcançam metas positivas, sentem e demonstram empatia pelos outros, estabelecem e
mantém relações positivas, e tomam decisões responsáveis.

Referência adotada: CASEL (www.casel.org)
CASEL = Collaborative Association for Social Emotional Learning
(Associação Colaborativa para o Aprendizado Socioemocional)
– ONG fundada há 25 anos por cientistas e educadores
– Aplicada em muitas escolas e instituições nos EUA e no mundo

Porque a Aprendizagem Socioemocional é importante?

A aprendizagem socioemocional:
 Desenvolve aspectos sociais e emocionais que nos ajudam a termos melhores relacionamentos e um melhor ambiente na família, na escola e no trabalho;
 Melhora o comportamento na escola: os alunos passam a gostar mais da escola e dos colegas. Diminui a incidência de advertências, suspensões e faltas;
 Ensina como podemos lidar bem com conflitos, estresse e pressão;
 Previne e combate o Bullying (Assédio);
 Melhora desempenho acadêmico: permite que as pessoas estejam em um estado mental receptivo para poderem manter o foco de atenção e concentração, e possam assim aprender de forma mais eficiente;
 Melhora o bem-estar físico e mental, bem como a autoestima;
 Aumenta as chances de melhores oportunidades e empregabilidade, e de ter uma vida
mais feliz e de sucesso.

De acordo com a BNCC – Base Nacional Comum Curricular – em vigor no ensino básico no Brasil, o
ensino de Competências do Século XXI é um requisito. Essas competências estão contempladas na
Educação do Caráter e incluem virtudes morais, de desempenho, cívicas e intelectuais, bem como
as competências socioemocionais propriamente ditas.

Competências Socioemocionais

Primeiramente vamos esclarecer que uma Competência pode ser composta por um grupo de Habilidades específicas. Por exemplo, Empatia é uma habilidade dentro da Competência Consciência Social.

Como são desenvolvidas as Competências Socioemocionais?

Eis 5 Competências socioemocionais desenvolvidas:

Integrando ao planejamento acadêmico oportunidades sistemáticas para que a equipe de docentes possa primeiramente ser formada a respeito, que os pais possam entender do que se trata e possam apoiar a escola, e para que os alunos possam vivenciar experiências que gerem autoconhecimento e permitam reflexão e interiorização das habilidades a desenvolver.
As competências socioemocionais são mais especificamente trabalhadas no Ano 3 de implantação da Educação do Caráter metodologia que foca os esforços na formação das pessoas envolvidas, afim de gerar uma verdadeira transformação cultural sustentável a longo prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *