Educação do Caráter e Bons Hábitos

Educar o caráter significa agir de forma intencional para transmitir bons valores humanos.

A Educação do Caráter inclui, de modo científico, universal e laico, o desenvolvimento de aspectos morais, socioemocionais, de psicologia positiva e de cidadania e habilidades como comunicação, liderança e bom desempenho escolar.

Sabe-se que o que mais forma o caráter de crianças e de jovens é o exemplo concreto de conduta dos adultos que convivem com eles no dia a dia, principalmente os pais, mas também os professores e colaboradores da escola em que estudam, razão pela qual é tão importante que todos estejam envolvidos, participando e apoiando conjuntamente o esforço de transmitir bons valores humanos.

A prática no dia a dia conta muito mais do que as palavras. Além disso, a dedicação consciente, intencional e sistemática de todos a todo momento é muito mais eficaz e transformadora do que ações pontuais. Isso pode ser obtido através do foco na formação contínua dos adultos, para que eles exemplifiquem bons hábitos de conduta. Nesse sentido, deixamos a seguir um convite para os adultos, pais e funcionários da escola.

Que tal adotar algumas ações simples com os filhos e os alunos? Eis uma breve lista de 6 bons hábitos básicos:

1- Cumprimente direito: 
Ao encontrar alguém, diga “Olá, bom dia, boa tarde, boa noite” olhando nos olhos e sorrindo sinceramente. O contato do olhar é um sinal de respeito e de consideração. Sorrir transmite simpatia, acolhimento e uma primeira impressão positiva;

2- Cumprimento de mãos correto: 
Um bom aperto de mãos significa não apertar muito e nem pouco a outra mão. Muito passa a impressão de insegurança, pouco pode demonstrar desleixo ou desinteresse. Também é importante olhar nos olhos e sorrir;

3- Sempre dizer “Por favor” e “Obrigado”:
Essas são palavras mágicas que abrem portas e demonstram boa educação, gentileza e gratidão. Pratique sempre pedir e agradecer dessa forma e, a todo momento, lembrar as crianças e os jovens sobre isso;

4- Aprender a ganhar e a perder:
Sempre cumprimentar quem ganha dizendo “Parabéns!” com sinceridade, com alegria e com um bom aperto de mãos. O que importa não é ganhar ou perder, mas jogar com honra e dar o seu melhor, aproveitando para se divertir e viver bons momentos;

5- Surpreender:
Que tal ir assistir a alguma atividade do filho ou aluno na escola e de surpresa, sem que ele saiba antes? Basta combinar previamente com a Coordenação da escola. Faça com que você seja notado. Isso demonstrará interesse e afeto e, certamente, será valorizado e lembrado por muito tempo;

6- Participação em atividades voluntárias:
Se já é bom que crianças e jovens na escola se dediquem a um propósito maior pelo bem de outros, imagine se isso ainda for acompanhado dos pais. As escolas em geral realizam diversas ações voluntárias e sociais, e a participação dos pais pode ser possível. Procure a Coordenação de sua escola.

Lembre: você pode dar um bom exemplo a todo instanteBoas ações repetidas algumas vezes podem se transformar em bons hábitosBons hábitos podem ajudar a formar um bom caráter.

“Exemplo não é uma outra maneira de ensinar, é a única maneira de ensinar.” – Albert Einstein     
Perky Ibarra – Fundador e Diretor da Caráter na Escola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *